#Rapidinhas41:

–  All Messed Up, Crash e Billy Spleen são alguma das músicas que o Sum 41 está tocando nos soundchecks mas ainda não entraram para a setlist. (O Deryck nunca tocou Billy Spleen ao vivo, desde a gravação da música há 10 anos);

–  Eles estão planejando tocar nesta turnê All Messed Up, e Billy Spleen;

–  Deryck disse que provavelmente irá tocar Crash, mas ainda não descobriu um bom lugar para ele no setlist, já que Stevo não toca nessa música;

– Eles tocaram Hyper-Insomnia-Para-Condrioid e um clipe de What We’re All About no show de ontem; (20 de julho – Abart – Zürich, Switzerland)

–  Pela primeira vez desde 2008, Deryck trouxe um fã para tocar guitarra no palco;

– O Sum 41 não gosta de tocar Happiness Machine ao vivo;

– Sobre seu setlist atual, Cone disse que tem notado que a maioria dos fãs não gostam realmente das músicas do álbum Underclass Hero ao vivo, por isso eles tentam manter essas músicas desse álbum no mínimo (apenas Walking Disaster). Cone disse que as músicas do UH  são provavelmente uma das melhores canções já escritas pelo Sum 41 em sua opinião;

– Deryck disse que Open Your Eyes nunca foi tocada ao vivo por que tem vocais tão complicados que não iria dar para trabalhar com ela ao vivo.;

– Sobre as novas músicas, eles falaram que iriam começar a tocar Time For You To Go em algum momento;

– Sobre tocar Jessica Kill, Deryck disse: “Existem tantas músicas, não podemos tocar todas”;

– Deryck percebeu que Blood In My Eyes não funciona muito bem como uma música ao vivo, então eles pararam de tocar. Cone disse que os fãs hardcore cantam junto com ele, mas o resto da multidão não consegue se relacionar com seu ritmo; Eles falaram sobre trazê-la de volta como uma versão acústica na próxima turnê;

– Sobre b-sides inéditos, Deryck disse que We’re The Same era a única música. O restante não foi acabado, assim como a “Ignorance No More”; (Studio Update – #31)

–  A introdução de Skumfuk foi um grande exemplo, mas eles decidiram adicioná-la como uma faixa de transição. Assim, a introdução não faz realmente parte da música, é apenas uma transição entre SBM e Skumfuk, portanto, não tocam ao vivo;

– Embora não haja b-sides inéditos de SBM, à uma versão acústica de Blood In My Eyes. Cone estava pensando que poderia liberá-la como um b-side em seu próximo lançamento.

– Deryck confirmou que eles deixaram a Island Records. Sem planos futuros, no entanto, eles vão esperar para ver o que acontece;

– Cone projetou duas das novas camisas que estão vendendo. A de “Blood In My Eyes” com um olho, e uma com a frase “Everybody Has A Secret” ;

(Informações de TomiT14 – TNS)

Anúncios

um comentário

  1. […] foi ao show do Sum 41 em Zurique e teve a oportunidade de estar com a banda, nos trozendo algumas informações. Agora TomiT14  esteve em outro show da banda, desta vez em São Petersburgo, e teve novamente a […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: